Image and video hosting by TinyPic

selo 38

Notícias

Morte Não é Castigo!

Paged Post
Leia mais

Funexpo 2015

Paged Post

Prepare-se para a FUNEXPO2015

Leia mais

Funerais Budistas

Paged Post

O Budismo se caracteriza por uma grande variedade de tradições, escolas, doutrinas, ritos e costumes.

Leia mais

A Importância da Tanatopraxia.

Paged Post

Tanato

Leia mais

Seguradora cria game sobre direção consciente

Paged Post

game

Leia mais

MORTO ABRE O OLHO E CHORA DURANTE VELÓRIO, CAUSANDO PÂNICO NA COLÔMBIA

Paged Post

morto

Leia mais

Como ajudar os refugiados no Brasil

Paged Post

garoto

Grafite em muro de Sorocaba, no interior paulista: imagem de garoto sírio que virou mártir da crise de refugiados

Leia mais

Cremação

Paged Post

Cremação - A Escolha da Familia e a Relação com as Cinzas

arvore

 

Leia mais

Mulher dada como morta acorda antes de seu funeral na Alemanha

Paged Post

senhora

Uma idosa de 92 anos dada como morta por seu médico acordou em quarto refrigerado de uma casa funerária
na Alemanha .Os promotores estão processando, por lesões corporais e negligência, o médico que declarou a morte.
O médico teria atestado a morte da idosa, que estava gravemente doente, depois que um cuidador a encontrou sem
pulso e sem respiração na casa de repouso onde vivia.A idosa foi encontrada viva por um funcionário da casa funerária
para onde ela tinha sido levada. Segundo relatos ela acordou gritando. Esta na sala de refrigeração.
Levada ao hospital, ela morreu dois dias depois de uma doença cardíaca não relacionada com o incidente.
 
Leia mais

Débora, a História da "Menina Santa" do Cemitério.

Paged Post

menina

 

Uma história de violência na zona leste de São Paulo no começo dos anos 1980 transformou para sempre o cotidiano do maior cemitério do Brasil, localizado no bairro da vila Formosa, também na zona leste. Débora Campo de Oliveira, de apenas 5 anos, foi morta e esquartejada por uma vizinha que tinha ciúmes do carinho que o marido sentia por ela. Em janeiro daquele 1983, ela foi sepultada em uma das quadras do cemitério mais famoso da zona leste e não demorou muito para que o seu local de descanso eterno virasse ponto de peregrinação.

Segundo o administrador do cemitério Vila Formosa I, Antônio Tagino da Silva, a "Menina Débora", como é conhecida, ganhou status de milagreira assim que foi enterrada no local.  “Essa criança foi sepultada aqui e, a partir daí, foi criado um culto religioso. As pessoas comparecem, principalmente aos finais de semana, para fazer pedidos para a menina”, disse.

Após alguns anos de culto religioso ao sepultamento da menina, a administração do cemitério decidiu reservar toda a quadra para Débora, que tem seu túmulo isolado em uma das áreas mais famosas do cemitério.

Ao chegarmos ao local, nossa equipe encontrou um taxista que acabara de acender algumas velas para a menina considerada santa pelos moradores da região. “Toda segunda-feira eu venho até o cemitério para acender algumas velas e fazer pedidos”, disse Mário Célio de Souza, 73 anos, que confessou não conhecer direito a história da menina sepultada.

Além das velas, o túmulo da criança sempre está decorado com brinquedos, doces e até uma mamadeira. Por causa dos alimentos deixados por lá, a proliferação de insetos pe inevitável.Segundo a administração do cemitério, aos finais de semana grupos se reúnem ao redor da sepultura para fazer pedidos e orações. Quem passa por ali, garante que os pedidos feitos para a menina Débora são atendidos.

 

Leia mais

Notícias mais lidas